BH – Congonhas – Ouro Branco – Ouro Preto – BH

Que viagem de moto incrível, ainda estou em êxtase, foi um dia memorável.

Passamos por Congonhas, uma cidade, marcada pela fé e que possui, um acervo de obras do artista Antônio Francisco Lisboa, o Aleijadinho.

A Serra de Ouro Branco, tem uma beleza natural maravilhosa, eu ainda não encontrei palavras para tamanha grandiosidade.

Já Ouro Preto, com toda a sua riqueza cultural, nos leva de volta a um passado histórico.

Tudo isso, em um dia.

Haja coração…

Para fazer esta rota,

saimos de BH, passando pela  BR 040 até Congonhas.

São (80km) aproximadamente, estrada boa, mas com grande fluxo de caminhões.

Fique atento aos radares.

Leve dinheiro vivo, você vai precisar para pagar 01 pedágio.

Chegando em Congonhas é fácil se orientar, para chegar até o Santuário do Bom Jesus de Matosinhos, onde você vai apreciar os profetas e a Via Sacra, feitos pelo artista Aleijadinho.

 Depois de conhecer este acervo, aproveite para almoçar na cidade, comidinha maravilhosa.

Saindo de Congonhas, siga a BR 040, sentido Rio de Janeiro, você ira percorrer um pequeno trecho de (23,9km) e entrar a sua direita para Ouro Branco. A entrada é sinalizada.

No Inicio da estrada, esteja atento com o asfalto embruacado e com muitos desníveis, devido o trafego de caminhões.

No trajeto, você já vai avistar o paredão da Serra de Ouro Branco.

Conheça a cidade que fica ao pé da Serra, aproveite para abastecer e dar aquela esticadinha no esqueleto, pois ira percorrer um bom trecho, sem posto de combustível  e  ou acostamento, durante toda a subida da serra.

A Serra de Ouro Branco, tem uma elevação abrupta, formada por um paredão com cerca de 20Km de extensão, cuja altitude pode chegar a 1568 metros.

Não tem como descrever, o que é subir esta serra, você precisa ir para compreender, só posso dizer que é de tirar o folego.

Asfalto bem conservado, muitas curvas gostosas de fazer, subidas e descidas íngremes.

Vale muito a pena !

Somente no final da serra, você vai precisar  ficar novamente, bem atento com os buracos no asfalto.

Siga sentido a Ouro Preto, uns (18 km) aproximadamente.

 

Se não quiser entrar na cidade , você pode pegar a saída sinalizada para Belo Horizonte e já cair na rodovia, mas uma paradinha em Ouro Preto é sempre bem vinda.

Agora se prepare, para fazer, as curvas mais cabulosas de Minas Gerais, mantenha o foco e divirta- se, até chegar em Belo Horizonte, seu destino final.

Depois de fazer esta rota, tenho certeza, de que ela vai se torna, uma das suas queridinhas.

 

Boa viagem, Navegantes da Estrada.

One Reply to “BH – Congonhas – Ouro Branco – Ouro Preto – BH”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *