Crescer

A medida que começamos a viajar percebemos o quanto vamos nos transformando, o quanto vamos crescendo.

Longe de casa a gente descobre o quanto carregamos da nossa casa em nós.

Na estrada, navegando de moto eu sou a minha casa.

Carrego comigo as minhas marcas do tempo, as minhas cicatrizes da vida, a minha criança, carrego comigo os meu sonhos.

 

Sou de BH, nasci em BH, mas a minha casa esta sendo transformada a todo tempo com o tempo de cada viagem.

Navegar me faz crescer e entender o sentido de cada coisa que existe em mim.

Sou negra, de rosto redondo, de nariz chapado, de cabelos crespos, boca grossa e lábios escuros, vindos dos meus antepassados que foram atravessados pelo mar trazendo consigo apenas a sua casa no coração.

Navegando eu sinto o quanto sou forte e frágil.

Sou orgulhosa de ferro.

Sou uma casa que pode estar em qualquer lugar

Sou uma casa que pertence a todo lugar

Sou uma casa em crescimento.

Você?

É de onde ou esta indo pra onde?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *